Últimas Novidades

07/07/2015 08:52:25
Antiga Intendência vai virar centro cultural
Município cede imóvel para Associação de Moradores de Santo Antônio de Lisboa usar o imóvel
Fonte da imagem: Petra Mafalda/PMF

O prefeito Cesar Souza Junior e o secretário municipal de Cultura, Luiz Ekke Moukarzel, assinam nesta terça-feira (7) os termos de entrega e de permissão de uso que vão autorizar a Associação dos Moradores de Santo Antônio de Lisboa (AMSAL), no Norte da Ilha, a utilizar o imóvel onde já funcionou a Intendência do Distrito e o posto policial do bairro para desenvolver atividades relacionadas à difusão cultural e à valorização da história local. O documento de autorização fala, textualmente, em “revitalização do espaço para exposições, oficinas, palestras históricas e culturais da tradição local”.

O termo de permissão visa à implantação de um espaço cultural a ser administrado pela AMSAL, com supervisão da Secretaria Municipal de Cultura.  A iniciativa tem como objetivo o desenvolvimento de atividades relacionadas à difusão cultural e valorização da história do Distrito, um dos mais autênticos remanescentes da cultura de base açoriana. Na ocasião do ato de assinatura, está programada a apresentação da cantora Joana Cabral e do músico português Mário Moita.

No local serão realizadas palestras, exposições, oficinas e outras atividades voltadas à revitalização e manutenção da cultura de tradição oral, representada pela renda de bilro, boi de mamão, pão por Deus, terno de reis e pelas tradições do Divino Espirito Santo, entre outros produtos representativos da cultural local.

Sobre o imóvel

Construída no início do século 20, na confluência das ruas Osni Barbato e Cônego Serpa, a residência foi adquirida pela Prefeitura na década de 1950, abrigando durante alguns anos a sede da Intendência. Posteriormente, entre 2008 e 2013, foi utilizada como base da Polícia Militar de Santa Catarina na comunidade. Após a desocupação do imóvel, com a desativação do posto policial no início de 2014, o antigo casarão retornou aos cuidados da Prefeitura.

A casa passou por uma reforma para sediar atividades culturais, entre elas exposição e oficinas demonstrativas de renda de bilro, promovidas pela Secretaria Municipal de Cultura durante a 21ª Festa da Cultura Açoriana de Santa Catarina (Açor), realizada no bairro em agosto de 2014. O sucesso da iniciativa contribuiu para a decisão municipal de dar um destino cultural definitivo ao imóvel, beneficiando a população de Florianópolis, em especial os moradores da região.

Fonte do texto: PMF

Autor: SECULT - Cultura
Clima
Ondas

Bela Floripa © 2013 - Todos os direitos reservados