Últimas Novidades

27/01/2015 01:44:17
Reunião discute extrativismo de berbigão
Primeira etapa do projeto consiste na coleta de água nos bairros Tapera e Costeira do Pirajubaé
Fonte da imagem: Simone Moreira

A Secretaria Municipal de Pesca e Maricultura (SMPM) participou neste domingo (25) de uma reunião na Tapera, na região Sul da Ilha, para reforçar a importância do envolvimento de todos os extrativistas de berbigão no projeto Fortalecimento das Redes de Empreendimentos da Economia Solidária do Extrativismo do Berbigão no Município de Florianópolis.  O Projeto que contempla os berbigoneiros da Tapera e da Costeira do Pirajubaé possui três etapas: análise da água e de moluscos, oficinas de capacitação aos catadores e assessorias técnicas.

O Convênio Nº 795419/2013, assinado entre a Prefeitura de Florianópolis e o Governo Federal, através do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), garantiu recursos na ordem de R$ 650 mil com a contrapartida da Prefeitura de Florianópolis.

No encontro, os representantes da empresa Escritório do Mar, sediada em Florianópolis, vencedora da licitação do projeto referente à capacitação, Rafael Luiz da Costa e Gustavo Ruschel Lopes esclareceram como está o andamento da primeira etapa que é a coleta de água realizada de 15 em 15 dias nas duas comunidades. A segunda etapa consiste na capacitação dos berbigoneiros. Serão oferecidos dois cursos, de quatro horas cada um, sobre assessoria administrativa e de manejo com acompanhamento individual.

O diretor da SMPM, Henrique da Silva, esclareceu que o projeto é de extrema importância, pois os órgãos fiscalizadores municipal, estadual e federal, em breve começarão a cobrar certificação sanitária, a exemplo do que aconteceu com o frango, carne, linguiça e etc. A intenção é continuar buscando recursos junto ao Governo Federal para a construção de unidades de beneficiamento para a certificação de todos os produtos de origem animal.

Fonte do texto: PMF

Autor: SPM - Comunicação
Clima
Ondas

Bela Floripa © 2013 - Todos os direitos reservados