Últimas Novidades

20/08/2015 19:02:43
Atendentes de turismo participam de capacitação
Profissionais do setor e do trade falaram durante os três dias de encontro
Fonte da imagem: Floripa Walking Tour

Com o objetivo de aperfeiçoar o conhecimento sobre as regiões de Florianópolis, idiomas e relacionamento com os turistas, a Secretaria Municipal de Turismo ofertou, durante três dias, palestras com profissionais do setor e do trade turístico. Os atendentes dos Centros de Atendimento ao Turista (CATs) tiveram este contato intensificado e trocaram experiências durante os encontros.

Os dois primeiros encontros ocorreram na última semana e nesta quarta-feira (19) as atividades foram encerradas.

A pesquisa relacionada à Gestão do Turismo, realizada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) entre janeiro e março de 2015, e os seus resultados foi apresentada pelo professor Tiago Mondo. O estudo ouviu 253 turistas durante a temporada, no Mercado Público, e teve um total de 26 indicadores avaliados, divididos nas seguintes dimensões: acesso, ambiente, elemento humano (atendimento), segurança, qualidade técnica (acesso à internet) e experiência.

Segundo o professor, os indicadores foram avaliados em notas que iam de 0 a 5 (péssimo – ótimo), e o atendimento realizado no Centro de Atendimento ao Turista do ambiente da pesquisa teve uma avaliação positiva, conforme aponta o levantamento.

“Percebemos que o elemento humano foi o ponto melhor avaliado pela pesquisa, obtendo nota 4.6 de um total de 5 pontos. O objetivo deste estudo do IFSC é o de encontrar formas de minimizar os impactos por meio desta coleta de dados feita, avaliando a qualidade dos equipamentos turísticos da cidade”, destacou Tiago Mondo.

Ele ressaltou, ainda, que a ideia é de expandir este trabalho avaliando as condições de outros pontos da cidade, além de refazer a pesquisa no Mercado, que agora está em outras condições de infraestrutura, por exemplo, após a reforma.

Mostrando a história e mudanças do Centro Histórico da cidade ao longo dos anos, a condutora Natália Freitas, do Floripa Walking Tour, realizou esta condução com os atendentes. A iniciativa permite com que eles vivenciem parte daquilo que os visitantes procuram quando vêm à cidade, além de valorizar e preservar parte daquilo que constitui a história de Florianópolis.

“É importante que vocês experimentem o que será apresentado aos turistas, para que possam ter segurança durante o atendimento, na hora de indicar os roteiros que eles podem percorrer. A história do que aconteceu em um lugar é único e exclusivo, e essa história precisa ser vivenciada para se conhecê-la”, destacou a condutora Natália Freitas.

O consultor de turismo do Sebrae-SC, Carlos Cappelini, ressaltou aos atendentes a necessidade de eles conhecerem o gosto e as preferências dos turistas que os procuram para obter informações. “Vocês devem fazer três questionamentos básicos aos visitantes: o que você gosta de fazer? O que você quer fazer? E quantos dias você pretende permanecer na cidade? Com esta base, vocês podem com mais confiança indicar os roteiros, os atrativos, atividades de lazer e entretenimento que eles poderem percorrer durante a estada no destino”, frisou Cappelini.

O consultor perguntou aos atendentes, ainda, o que há para fazer na cidade que quebre a questão da sazonalidade. Em meio a este bate-papo eles pontuaram locais e passeios como: a Costa da Lagoa, sua gastronomia, passeio de barco e trilhas; os esportes náuticos na Lagoa da Conceição, como o kitesurf, stand up paddle; o Núcleo da Cultura Açoriana, representado pelas regiões do Ribeirão da Ilha, Santo Antônio de Lisboa e o Centro da cidade, onde há o maior volume de construções características da colonização; o Sambaqui; a Ilha do Campeche, com suas águas cristalinas, e por ser a localidade com o maior número de inscrições rupestres do Brasil; as atividades de mergulho, na Ilha do Arvoredo e Ilha Mata Fome; o conjunto de fortificações da Ilha, que é o maior do sul do país; além da gastronomia local, reconhecida com o título único no país de Cidade Criativa Unesco da Gastronomia.

A coordenadora de Visitors & Comercial do Floripa Convention &Visitors Bureau, Thais Krebs, encerrou a capacitação apresentando aos atendentes o trabalho desenvolvido pela associação.  “Toda cidade com potencial turístico, como Florianópolis, possui um Convention Bureau. O nosso trabalho consiste em promover e gerar novos negócios para a cidade, por meio da captação e prospecção de eventos, divulgação do destino em feiras de turismo, por exemplo, além de realizar workshops em diversas regiões mostrando as potencialidades do nosso destino nas quatro estações”, disse Thais Krebs.

Ela ressaltou a importância da criação do Conselho Municipal de Turismo (Comtur), que possibilita o levantamento em conjunto, com as entidades relacionadas ao setor, das melhorias que precisam ser trabalhadas no destino.

Capacitação Inglês e Espanhol

No início de setembro os atendentes passarão a ter aulas semanais de inglês e espanhol, aperfeiçoando o conhecimento que eles já possuem nestes idiomas. Durante os trabalhos realizados na última semana, uma professora de inglês, Sandra Ester Agüero dos Santos, conversou com o pessoal e testou o nível de conhecimento deles no idioma, percebido como intermediário. As aulas serão ofertadas de forma gratuita.

O trabalho de Sandra, uma professora independente, foi apresentado durante uma edição da Prefeitura no Bairro. Ela demostrou interesse em contribuir com as aulas, para que pudesse obter o número de horas/aula que necessita para que possa conseguir uma bolsa de estudos no exterior, por meio do Programa Ciência Sem Fronteiras, do Governo Federal.

“O Programa de Capacitação da Secretaria de Turismo irá ofertar estas aulas aos atendentes, e, a partir de novembro passará por uma nova etapa. Visitas técnicas em outros pontos turísticos da cidade estão sendo planejadas, para que possamos apresentar a eles outras possibilidades dentro da cidade. Para que possamos vender melhor o nosso destino, precisamos bem receber os turistas e ter conhecimento sobre o produto com o qual lidamos”, disse o gerente de capacitação e qualificação turística da Setur, Édio Flávio Rosa.

A capacitação realizada agora em agosto irá garantir certificado aos atendentes que participaram dos encontros. O documento será entregue na próxima semana.

Fonte do texto: PMF

Autor: SETUR - Turismo
Clima
Ondas

Bela Floripa © 2013 - Todos os direitos reservados