Últimas Novidades

04/11/2014 20:59:09
Ministros discutem inovação no turismo
Ministérios do Turismo e da Ciência, Tecnologia e Inovação devem formalizar parceria
Fonte da imagem: Divulgação - MTur

O ministro do Turismo, Vinicius Lages, se reuniu na manhã desta sexta-feira (31) com o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Clelio Campolina, para apresentar uma proposta de agenda de inovação no turismo. O objetivo é realizar uma cooperação entre os ministérios e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) para o desenvolvimento de pesquisas cientificas e tecnológicas na área.

“O setor de turismo envolve diversos campos do conhecimento, que se unem para compreender os fenômenos ligados às múltiplas etapas das viagens. O setor influencia a criação constante de novas soluções ligadas à mobilidade e às experiências nos lugares visitados”, disse o ministro, Vinicius Lages. Entre as ações propostas está a criação de bolsas de estudos no exterior com a temática de inovação e turismo, para estudantes de carreiras como administração, economia, políticas públicas, gastronomia e engenharia.

O ministro do Turismo também propôs a criação de editais de fomento à pesquisa, fortalecimento das redes de observatórios do turismo, apoio para desenvolvimento de tecnologias da informação ligadas ao turismo como softwares e aplicativos mobile, fomento ao empreendedorismo inovador no setor e de publicações voltadas para o turismo, além da premiação de trabalhos científicos.

O ministro Clelio Camponila se mostrou entusiasmado com as propostas e pretende analisar as ideias e verificar de que forma o MCTI pode colaborar. O ministro também sugeriu que o Ministério do Turismo realize um mapeamento das oportunidades tecnológicas que podem ser geradas com esta iniciativa. A expectativa é que um termo de cooperação entre os ministérios seja formalizado ainda este ano, estabelecendo as ações e prazos específicos.

A inovação nos produtos e roteiros turísticos é uma tendência que ganha força no Brasil. Novas ferramentas tecnológicas estão cada vez mais presentes desde o preparo da viagem com os aplicativos de smartphones que ajudam na elaboração dos roteiros, até a sua execução, com tecnologias de ponta empregadas em parques temáticos, museus e outros atrativos. Para os empresários, construir uma nova forma de fazer turismo significa investir em competitividade.

Desde o ano passado, o Ministério do Turismo ofereceu 160 bolsas de estudos para estudantes do setor turístico no exterior, por meio do Programa de Qualificação Internacional em Turismo, em parceria com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), em países como Reino Unido, Espanha e Portugal.

Ministério do Turismo

Fonte do texto: PMF

Autor: SETUR - Turismo
Clima
Ondas

Bela Floripa © 2013 - Todos os direitos reservados