Últimas Novidades

13/09/2014 00:54:57
Em Lima, abrem-se novos mercados para o turismo
Cesar Souza Junior participa como painelista do WTTC em Lima, no Peru
Fonte da imagem: João Cavallazzi/PMF

A oportunidade de divulgar as potencialidades de Florianópolis – não só como foco inegável de belezas naturais, mas também como fonte da tecnologia do conhecimento e da indústria limpa – a países andinos (principalmente os crescentes Colômbia e Peru), além da América do Norte e da Europa é o principal ganho que o prefeito Cesar Souza Junior vê em sua participação no WTTC (World Travel & Tourism Council), o maior evento mundial do turismo, que se realiza em Lima, no Peru.

Único painelista brasileiro no encontro – já que o ministro Vinícius Lages, do Turismo, não pôde ir – o prefeito foi saudado pelo cerimonialista Adnan Nawaz, âncora da BBC, com a informação de que a cidade já é famosa internacionalmente, já que foi citada pelo The New York Times como um dos melhores destinos brasileiros. “Estamos fazendo o dever de casa, com a criação do Fundo Municipal de Turismo e um grande programa em parceria com o Sebrae, de qualificação de empreendedores, melhorando a qualidade de atendimento e profissionalização”, disse.

Cesar Souza Junior destacou que mais de 5 mil jovens estão passando por treinamentos nesta área em Florianópolis, frequentando cursos elencados pelos próprios empresários do trade, com base nas principais carências do setor. Ele ressalvou, entretanto, que não adianta profissionalizar o setor de turismo se os próprios moradores não representarem uma paisagem que mereça ser vista.

“É necessário que se invista também em qualidade de vida para a população, que se invista em educação. Não adianta investir no foco turístico se a população local não tiver uma qualidade de vida que também seja um atrativo. Este é um dos principais desafios do governo”, frisou. Para exemplificar a luta de Florianópolis nesse caminho, o prefeito lembrou que a Capital é a primeira cidade brasileira a receber financiamento do BID (US$ 59 milhões) para investir unicamente em educação.

O evento

O WTTC discute os problemas que o mercado de viagens e turismo enfrenta e mostra as soluções já encontradas por alguns destinos e empresários do setor, contribuindo, assim, para o crescimento do setor. Entre os membros do Conselho Mundial de Viagens e Turismo, que organizam o encontro, estão executivos das cem principais empresas de turismo do mundo. A secretária de Turismo de Florianópolis, Maria Cláudia Evangelista, acompanhou o prefeito na viagem.

O setor de viagens e turismo nas Américas representa 8,5% do PIB, além de preencher um de cada 11 postos de trabalho no continente. Na economia das Américas, a indústria gera US$ 269 bilhões em exportações ao ano.

Na foto, o prefeito está ladeado pelo âncora da BBC Adnan Nawaz, pela vice-ministra de Turismo do Peru, Maria del Carmen de Reparaz, e pelo CEO do Turismo de Monterey (Califorma, EUA), Ted Balestreri]

Fonte do texto: PMF

Autor: SETUR - Turismo
Clima
Ondas

Bela Floripa © 2013 - Todos os direitos reservados