Últimas Novidades

11/10/2013 15:25:33
Os detalhes da decisão que colocou Florianópolis no mapa da Copa 2014
Encontro em fevereiro trará para Floripa os 32 técnicos das seleções classificadas ao Mundial
Fonte da imagem: Divulgação - Fifa

Quando o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, confirmou a cidade de Florianópolis como sede do Workshop de Preparação das Seleções para a Copa do Mundo de 2014 de 19 a 21 de fevereiro, Santa Catarina marcou em definitivo seu lugar no maior evento esportivo mundial e na agenda dos principais assuntos do mês de fevereiro do ano que vem.

Este será o único momento em que todos os treinadores das seleções estarão reunidos, o que irá atrair os olhares de diversos países para Florianópolis. São esperados cerca de 600 participantes diretos e mais mil pessoas entre jornalistas e correspondentes internacionais, atraídos pela relevância do evento. Para maioria será a primeira passagem pelo país-sede e os olhares estarão atentos para aspectos sociais e turísticos da região.

— É a melhor oportunidade para estar perto de todos os treinadores e começar a sentir o clima de Copa. Depois as seleções se distribuem pelo país, mas ali todas estão juntas sem a pressão dos jogos e treinos — avalia Mark Gleeson, repórter da Agência Reuters e especialista em futebol africano. Gleeson esteve presente nos workshops do Japão, da Alemanha, daÁfrica do Sul e e cobriu todas as Copas desde 1986.

— Como jornalista é o mais importante evento da Copa. É onde podemos compreender a dimensão da organização que consiste o Mundial e para fazer contatos e entrevistas.

Se o sorteio dos grupos, que ocorrerá no dia 6 de dezembro na Bahia, é considerado o evento mais importante pré-Copa, o Workshop vem logo em seguida com as seleções já sabendo onde jogarão e onde ficarão hospedadas. Além disso, diferentemente do sorteio, neste evento a participação dos treinadores é obrigatória por abordar questões técnicas.

Na pauta do seminário estão todos os detalhes que o time precisa conhecer, desde sua chegada ao país-sede até sua despedida. Quais são as obrigações quanto a horário e datas, direitos de imagem, questões de mídia, regras, novidades da arbitragem e quais são as responsabilidades da Fifa e das seleções.

Nessa mesma reunião, as dúvidas sobre como o Brasil estará preparado para a Copa serão esclarecidas. Se há obras atrasadas e como as cidades-sedes melhoraram, ou não, em relação à Copa das Confederações de 2013.

Em 2010 esse mesmo workshop ocorreu no Resort Sun City, cerca de duas horas e meia de viagem de carro de Johannesburgo, na África do Sul. Pelo hotel estar isolado, a cidade não pôde aproveitar o clima de Copa. Em Florianópolis os integrantes da comissão também ficarão nas dependências do hotel a maior parte do tempo, mas podem aparecer pela praia do Santinho ou pelas ruas da cidade durante alguns passeios.

Fonte do texto: Erich Casagrande - DC

Autor:
Clima
Ondas

Bela Floripa © 2013 - Todos os direitos reservados